terça-feira, 20 de junho de 2017

APRIMORE SEUS CONHECIMENTOS DO WHATSAPP


O WhatsApp certamente é o aplicativo que você mais usa no seu Smartphone, ou não? Ele é uma incrível ferramenta de comunicação, pois oferece chamadas por vídeo e voz, além de mensagens de texto e tudo isso de forma gratuita! Você só precisa estar conectado à internet por meio de uma rede Wi-fi ou possuir os dados móveis ativos. Apesar de existirem outros aplicativos que executam as mesmas funções que o WhatsApp, nenhum deles obteve o mesmo sucesso, alguns exemplos são Viber e Facebook Messenger que inclusive é da mesma empresa do WhatsApp.

Muitas empresas passaram a utilizar o aplicativo para a comunicação interna e externa, devido a sua facilidade e ferramentas que oferece. Assim, vamos dar alguns truques e dicas para deixar sua experiência com o aplicativo ainda melhor.

VISTO POR ÚLTIMO

Por padrão o WhatsApp sempre mostra quando você está online, mas além disso, ele pode apresentar a última vez que você se conectou ao aplicativo e também se você já visualizou as mensagens que recebeu. Para proteger sua privacidade você pode desativar todas essas funções. Para isso basta ir em Configurações >> Conta >> Privacidade e selecionar o que você deseja exibir, e o que você quer ocultar de todos e até mesmo de seus contatos. Nesta janela você também pode administrar os contatos bloqueados, remover o bloqueio e adicionar novos. Lembrando que quando você desativa a opção de mensagens visualizadas e a de visto por último,  você também deixa de ver estas funções em seus contatos.

BACKUP

Você não quer perder suas mensagens?
Precisa trocar de aparelho e gostaria do seu WhatsApp igualzinho a antes.
Basta fazer o backup. Configurações >> Conversas >> Backup de Conversas. Você será instruído a criar ou configurar uma conta no Google Drive para isso. É possível também incluir seus vídeos neste backup.

FAVORITOS

Você gostou tanto daquela mensagem ou foto que não quer deixar ela se perder? Basta colocá-la nos favoritos. Para isso pressione e segure a mensagem ou foto, quando a caixa de opções se abrir, basta clicar na estrela. Agora ela facilmente será visualizada em Configurações >> Mensagens Marcadas.

WHATSAPP WEB

Você está com seu computador e não quer ficar toda hora pegando o telefone? Use o WhatsApp Web. Vá em seu dispositivo e acesse Configurações >> WhatsApp Web, e escaneie o QR Code que o site lhe apresenta e pronto, você já está online pelo PC.

Você quer enviar uma mesma mensagem para várias pessoas sem ter a necessidade de criar um grupo. Basta apenas criar uma lista de transmissão, que a mesma mensagem será enviada para vários de seus contatos de uma só vez.  É bem simples: Configurações  >> Nova Transmissão, aí é só adicionar os contatos que você quer enviar a mensagem e um novo chat será criado, basta digitar e mandar que todos irão receber.

ENVIAR DOCUMENTOS

Um dos motivos de começar a ser adotado por empresas é a possibilidade do envio de documentos. Esse não tem segredo, é só clicar na ferramenta de envio de mídia e selecionar Documentos. Dai escolhe-los na memória do telefone ou no Drive.

PHOTOSHOP?!

Calma aí, não é um Photoshop de verdade, mas sempre que você tira uma foto com o aplicativo para enviar para alguém, ele lhe possibilita algumas ferramentas de edição, como texto, emojis e rabiscos que podem ser feitos na foto antes de enviar. Ele recentemente também aderiu ao envio de GIFs, para isso basta acessar o menu de envio de mídia e selecionar GIF.

HISTÓRIAS

O WhatsApp agora também conta com o recurso de Histórias. Assim como o Snapchat, Instagram e outros, você pode tirar fotos de seus momentos e compartilhá-los com seus amigos durante um período de 24h. Para isso basta acessar a aba Status, e ir em Novo Momento, a câmera se abrirá e você pode optar por tirar uma foto, gravar um vídeo e até mesmo um GIF ou selecionar algum em sua biblioteca.

VERIFICAÇÃO EM DOIS PASSOS

A verificação em duas etapas serve para aprimorar ainda mais a sua segurança. Caso você esteja desconfiado que tentaram clonar seu WhatsApp, basta realizar esta configuração. Você configura uma senha e um e-mail de recuperação, então sempre que houver a tentativa de configuração de outro Smartphone com seu número, essa senha se faz necessária. Os passos são os seguintes: Configurações >> Conta >> Verificação em duas etapas >> Ativar.

RESPONDENDO CONTEÚDO ESPECÍFICO

Caso você queira responder apenas a uma pergunta do seu contato, ou não tenha entendido algo. Basta selecionar a mensagem e clicar na seta direcionada para a esquerda. A mensagem irá aparecer como referência então basta apenas responde-lá.

Será que agora tem alguma coisa que você não sabe sobre o WhatsApp?
Se souber de mais algum truque conta aqui para nós.


domingo, 11 de junho de 2017

SEGREDOS DO SISTEMA ANDROID


É muito comum hoje em dia achar alguém que possui um Smartphone. Mesmo que estejamos ostentando esses dispositivos em nossos bolsos, você sabia que há uma infinidade de coisas que podemos fazer com eles? Confira agora alguns dos segredos de um Smartphone com sistema Android que você vai gostar de saber:

ECONOMIZE ENERGIA DA BATERIA
Tudo o que você precisa fazer para se beneficiar desse truque é selecionar um fundo escuro e simples para a tela do seu Smartphone. Isso desliga o realce automático de pixels e faz a bateria durar mais tempo. Observe que esse recurso não está disponível universalmente em todos os dispositivos Android.

TEXTO PARA FALA
Se você preferir receber qualquer informação em seu Smartphone através da audição em vez de ter que olhar para a tela, pode clicar em Configurações, Acessibilidade e alternar a opção de Texto para Discurso na posição On

CONTROLE REMOTO DE SMARTPHONE
Você sabia que você pode desligar seu telefone remotamente se algum dia você o perder? Tudo o que você precisa fazer é ir em Configurações, Segurança e, em seguida, Administradores de dispositivos. Uma vez que você está lá, marque as caixas para "Localizar remotamente este dispositivo" e "Permitir bloqueio remoto e apagar". Agora você pode localizar e bloquear o seu telefone CLICANDO AQUI

MODO CONVIDADO
Se alguém pedir seu telefone emprestado, e não gosta da ideia de ter outra pessoa olhando seus dados pessoais e fotos, você pode habilitar o Modo Convidado. Deslize para baixo a partir da parte superior da tela usando dois dedos e, em seguida, selecione o ícone do usuário no canto superior direito. Lá, você verá uma opção para adicionar convidado. Isso permitirá que você personalize as ações que seu usuário convidado tem acesso. Essa configuração pode ser chamada de Modo Privado em alguns telefones.

AMPLIADOR DE TELA
Você encontrará um salva-vidas se tiver uma visão fraca. Aponte para Configurações, depois Acessibilidade, depois Ampliação

MODO HOTSPOT
Quando você está fora de casa, ou do escritório, e precisa de acesso à internet para um dispositivo, como um tablet. Use seu telefone como um ponto de acesso Wi-Fi, apontando para Configurações, depois Tethering e Portable Hotspot.  Alterne o ponto de acesso WLAN portátil para Ligado

CONTROLE SEU TELEFONE COM A CABEÇA
Se você precisa usar o seu telefone mas não consegue tocá-lo, pode usar o aplicativo gratuito EVA Facial Mouse, o que permitirá que você controle seu telefone através de movimentos com a cabeça em vez de usar os dedos

JOGOS SECRETOS
Há um jogo divertido que você pode encontrar em seu telefone. Basta ir para Configurações, depois Sobre o telefone/ Sobre o Tablet. Toque várias vezes o botão "Versão Android". Quando um marshmallow aparece na tela, rapidamente toque novamente para acessar o jogo.
Fonte: WIMP



sábado, 10 de junho de 2017

DOMINE O SEU MOUSE



HISTÓRIA DO MOUSE

O "mouse" é um dispositivo indicador que serve para deslocar um cursor na tela, permitindo selecionar, mover e manipular objetos graças a botões. Chama-se clique, a ação de pressionar (clicar) um botão para efetuar uma ação. 

O primeiro mouse foi inventado e desenvolvido por Douglas Carle Engelbart do Stanford Research Institute (SRI). Era um mouse de madeira que continha dois discos perpendiculares, conectado ao computador por um par de fios entrelaçados. 

TIPOS DE MOUSE

Existem vários tipos de mouses, classificados de acordo com a tecnologia de posicionamento e de acordo com a transmissão dos dados para unidade central. Podemos distinguir várias grandes famílias de mouses: 

Os mouses mecânicos, cujo funcionamento se baseia numa bola (de plástico ou de borracha) embutida num chassis (de plástico) que transmite o movimento com dois rolos;
Os mouses opto-mecânicos, cujo funcionamento é similar ao dos mouses mecânicos, mas o movimento da bola é detectado por captores óticos;
Os mouses óticos, capazes de determinar o movimento por análise visual da superfície sobre a qual deslizam. 

MOUSE MECÂNICO

O mouse mecânico comporta uma esfera sobre a qual giram dois rolos. Estes rolos comportam, cada um, um disco entalhado que gira entre um fotodiodo e um LED (Diodo eletroluminescente) que deixa passar a luz por sequência. Quando a luz passa, o fotodiodo retorna uma bit (1). Quando ele encontra um obstáculo, o fotodiodo retorna uma bit nula (0). Com a ajuda destas informações, o computador pode conhecer a posição do cursor e a sua velocidade: 

Observação: com o uso, a poeira se instala nos rolos do mouse, impedindo que eles girem corretamente, provocando reações estranhas por parte do cursor. Para remediar este probleminha, basta abrir a caixa que contém a esfera e limpar os rolos (com uma escova de dentes velha, por exemplo). 

MOUSE ÓTICO

O mouse ótico possui um funcionamento baseado na análise da superfície na qual se desloca. Assim, um mouse ótico é constituído por um LED, um sistema de aquisição de imagens (IAS) e por um processador de sinais numéricos (DSP). 

O LED deve iluminar a superfície para que o sistema IAS capte a imagem da superfície. O DSP, ao analisar as características microscópicas da superfície, determina o movimento horizontal e vertical. 

Os mouses óticos funcionam em todas as superfícies que não são completamente lisas ou com nuances de cor. As vantagens principais deste tipo de dispositivo indicador em relação aos mouses mecânicos são uma maior precisão e menos sujeira. 

MOUSE SEM FIO

Os mouses sem fio (em inglês, cordless mouse) são os mais populares porque podem ser utilizados sem estarem conectados ao computador, o que dá uma sensação de liberdade. Existem várias categorias de mouses sem fio, dependendo da tecnologia utilizada. 

Os mouses infravermelhos são utilizados face a face com um receptor infravermelho ligado ao computador. O alcance deste tipo de dispositivo é de alguns metros em visão direta, como o controle remoto de uma televisão. 

Os mouses hertzianos são utilizados com um receptor hertziano, geralmente de propriedade do construtor. O alcance deste tipo de dispositivo é de uma dezena de metros, sem necessariamente ter uma linha visual com o computador. Este tipo de dispositivo pode ser útil para as pessoas que ligam o computador à televisão situada em outro cômodo. 

Os mouses Bluetooth são utilizados com um receptor Bluetooth conectado ao computador. O alcance deste tipo de dispositivo é equivalente às tecnologias hertzianas proprietárias. 
Mouse com scroll

Quase todos os mouses têm um scroll (a "rodinha"). Geralmente situado entre o botão esquerdo e o direito, ele permite o uso da barra de rolagem das páginas e o deslocamento do cursor ao mesmo tempo.

EXERCÍCIOS

Abaixo estão alguns links de exercícios que você poderá fazer para melhorar o seu desempenho ao utilizar o mouse. (clique no link para acessar os exercícios que abrirão em uma outra janela)

Exercício 01 - Para iniciantes - Treinamento com o Mouse

Exercício 02 - Coordenação Motora - Mouse Maze

Mais alguns exercícios ...

Exercício 03 - Para iniciantes - Liga Pontos

Exercício 04 - Reflexo - 4 Direções

Exercício 05 - Coordenação Motora - Conduzir o Fio


















sexta-feira, 9 de junho de 2017

PROTEJA-SE DA RADIAÇÃO DOS CELULARES


Hoje praticamente todo mundo utiliza celulares. Mas, afinal, o uso excessivo pode fazer mal à saúde? O aparelho realmente produz radiação?

A resposta é SIM.

Embora cientistas ainda não tenham total certeza, já foi comprovado que os celulares produzem radiação, mas isso não é motivo para se preocupar e abandonar o seu aparelho. O fato mais importante que você precisa saber é que, em alguns casos, o sinal produzido pelo telefone pode ser muito forte e até perigoso, mas também pode transmitir sinais muito fracos e inofensivos. Por isso, é importante saber quando isso pode acontecer e qual a melhor forma de se proteger e evitar danos à sua saúde. Os pais devem ficar muito atentos a essas informações, pois precisam evitar que as crianças não sejam expostas aos sinais de radiação no período de crescimento.

Aqui vão algumas dicas:

1. Quando não estiver usando o celular, mantenha-o longe do seu corpo, na maior distância possível.

2. Ao utilizar o aparelho, opte por usar fones, ou mantenha uma distância do ouvido.

3. Caso isso não seja possível, não pressione muito o celular no ouvido. A energia dos sinais de radiofrequência (RF) é inversamente proporcional à distância da fonte, ou seja, quando você se aproxima, são grandes as chances de absorção desta energia.

4. Diminua o duração das chamadas. Caso queira conversar por longo tempo, opte pelo telefone comum, se possível.

5. Você pode optar também pela mensagem de texto, o SMS, e assim não precisa aproximar o aparelho da sua cabeça.

6. Caso não tenha ninguém por perto para não incomodar, você pode utilizar o telefone no modo viva-voz.

7. Use o celular em algum local onde o sinal esteja bom. Se o sinal está fraco, o aparelho automaticamente aumenta os sinais de transmissão para completar ou melhorar a chamada. Se estiver em um lugar onde o sinal está bom, faça a ligação e evite andar de um lado para outro.

8. Metal e água são fortes condutores de ondas transmissoras, por isso evite o uso de celular se estiver usando óculos com armação metálica ou após o banho, com os cabelos molhados.

9. Espere completar a chamada antes de usar o fone de ouvido ou aproximar o aparelho da cabeça pois, para fazer a ligação, o aparelho primeiro faz uso de fortes sinais de frequência, que diminuem assim que a pessoa atende. As ondas de radiação são mais fortes durante a chamada.

10. Caso seja possível, use o telefone fixo ao invés do celular.

11. Se o aparelho estiver ligado, não carregue-o nos bolsos. Algumas mulheres têm o hábito de colocar próximo ou entre os seios. Não façam isso! Isso pode causar problemas de fertilidade e até no coração. Quando o telefone está ligado, ele automaticamente transmite sinais a cada dois minutos para testar a rede.

12. As crianças e principalmente os adolescentes estão aderindo cada vez mais ao uso do aparelho. Controle o tempo que eles usam o celular para evitar excesso de exposição aos raios transmissores, que podem causar problemas no processo de crescimento.

​13. Pessoas que têm implante médico devem usar o aparelho com uma distância de no mínimo 15 centímetros do implante, principalmente para quem tem pontes de safena.

14. Quando for comprar um celular, verifique se é possível fazer um teste de absorção de energia. Você pode encontrar essa informação na internet, se souber qual aparelho deseja adquirir.

15. A radiação do celular sobe consideravelmente quando utilizado no carro, para que o sinal ultrapasse o material do carro (metal, vidro etc.). Por isso, evite-o usar se estiver dirigindo ou mesmo que seja o passageiro.



quarta-feira, 7 de junho de 2017

CHROME VERSÃO 59 PARA WINDOWS, MAC e LINUX



Na segunda-feira (5), o Google anunciou o lançamento de uma atualização do Chrome para a versão 59 em sistemas Windows, Mac e Linux. Além de trazer correções de segurança e de eficiência, a nova versão do navegador conta ainda com uma alteração de design no seu menu de configurações e também suporte para imagens no formato png. No total, ele traz 30 novas correções de bugs.

A mudança traz para a página de configurações do navegador o Material Design, as diretrizes de construção de interfaces utilizadas pelo Google na grande maiores dos seus aplicativos e também serviços. Assim, na nova página várias configurações estão descritas como cards, e no topo da página aparece uma barra de busca que ajuda a encontrar as opções.

Além disso, há ainda uma barra lateral bastante semelhante a que o Google coloca em seus aplicativos para Android. Tal barra fica responsável por reunir algumas das configurações mais acessadas. Já na parte reservada às configurações avançadas da barra, aparece ainda configurações de línguas, senhas, acessibilidade e ainda impressão.

GIF's

O Google, na nova versão do seu navegador, também disponibilizou suporte para imagens animadas no formato apng. O formato é muito semelhante a GIFs, porém, com suporte para cores em 24 bits e oito bits de transparência. Deste modo, ele pode também ser usado pra criar GIFs mais coloridos e com áreas de transparência.

De acordo com o 9to5Google, o formato em questão já era suportado pelo navegador Firefox há bastante tempo. Porém, ele começou a se tornar mais popular depois que a Apple começou adotar em suas figurinhas do app iMessage no iOS no iOS10.

O Google diz que a atualização deverá chegar para todos os usuários do navegador no decorrer dos próximos dias.


sábado, 27 de maio de 2017

VOCÊ CONHECE O SEU TECLADO?


TECLAS “PADRÃO”

ESC ( Escape )
Normalmente utilizada para abandonar, cancelar ou encerrar a execução de um comando. É a primeira tecla no lado esquerdo superior.

TAB ( Tabulação )
Provoca a movimentação do cursor para a posição tabulada. Em alguns teclados só aparece com duas setas uma apontando para direita e outra para esquerda. Normalmente utilizada em editores de texto.

ENTER
Tem a função de finalizar a entrada de um dado ou comando. Em alguns teclados pode ser encontrada outra tecla com a mesma função: Return.

SHIFT
Pressione para colocar os caracteres da parte superior das teclas que possuem duas funções; Quando for acentuar as palavras; Enquanto pressionada toda letra pressionada torna-se maiúscula. Às vezes está apenas representada com um símbolo de uma seta para cima

CAPS LOCK
Com essa tecla ativada todas as letras se tornam maiúsculas e a luz dele ( no teclado numérico ) se acenderá

CTRL ( Control )
Tecla de controle que deve ser utilizada em combinação com outras teclas. Sozinha não tem função nenhuma

ALT ( Alternate )
Dependendo do aplicativo, deve ser utilizada com outras teclas. Sozinha não tem função nenhuma

BACK SPACE
Corrige erros de digitação, apaga o caractere à esquerda do cursor

NUM LOCK
Essa tecla ativa ou desativa o bloco numérico. Um "LED" aceso indica que o bloco está ativo

PRINT SCREEN
Imprimir tela. Coloca na área de transferência uma cópia da tela. Área de transferência é o local onde ficam os arquivos quando copiados ou recortados

SCROLL LOCK
Trava de rolamento. Essa tecla ativa ou desativa o controle de deslocamento vertical da tela em aplicativos

PAUSE BREAK - Pouco utilizada hoje em dia essa tecla serve para pausar os processos de aplicativos DOS e ler os dados

INSERT ( INS/Insere )
Ativa ou desativa a inserção de caracteres na edição de um texto

DEL ( Delete ) - Apaga o caractere que está à direita do cursor

HOME ( Início ) e End ( Final )
Muito utilizadas na edição de textos, tem a função de posicionar o cursor no início ou no final da linha ou do arquivo, dependendo do programa utilizado

PAGE UP ( Página acima ) e PAGE DOWN ( Página Abaixo )
Usadas normalmente para trocar telas ( páginas ), Page Down remete para próxima tela e Page Up para tela anterior

SETAS DE DIREÇÃO - Movimentam o cursor no sentido indicado



ATALHOS DO SISTEMA OPERACIONAL – TECLA  “ALT”
É possível usar o teclado para realizar uma variedade de atividades no Windows. Além de usar no sistema, a maioria dos programas modernos os usa, o que é extremamente útil quando não se pode usar o mouse ou se quiser economizar tempo. Abaixo está uma lista dos mais comuns:

Win + D: Mostra a Área de Trabalho

Alt + F4: Fechar a janela ativa. Se não tiver nenhuma janela aberta, abre a caixa de diálogo: "desligar o computador"

Alt + TAB: Alterna entre as janelas abertas. Segure o ALT e vá teclando TAB até selecionar a janela desejada, depois é só soltar tudo

Alt + ESC: Alterna diretamente para a janela anterior na barra de tarefas

Alt + Barra de Espaço: Abre o menu de controle da janela ativa; Use para minimizar, maximizar e restaurar janelas pelo teclado



ATALHOS DO SISTEMA OPERACIONAL – TECLAS  “CTRL”

 Ctrl + ALT + Del: Abre o gerenciador de tarefas. 
• Ctrl + C: Copiar item ou texto selecionado
• Ctrl + D: Adiciona a página atual do navegador nos favoritos
• Ctrl + H: Abre a lista do histórico de navegação.
• Ctrl + I: Abre a lista de favoritos.
• Ctrl + O: Abrir arquivo, site ou uma URL qualquer.
• Ctrl + P: Imprimir.
• Ctrl + T: Selecionar tudo
• Ctrl + X: Cortar item ou texto selecionado
• Ctrl + V: Colar item ou texto selecionado
• Ctrl + Shift + Escape: Gerenciador de Tarefas



ATALHOS DO SISTEMA OPERACIONAL – TECLA  “WINDOWS”

• Win: Abrir o menu Iniciar
• Win + E: Abrir o Windows Explorer
• Win + F: Abrir a ferramenta de pesquisa
• Win + R: Exibir a janela "Executar"
• Win + Pause: Exibir a janela de Propriedades do Sistema
• Win + L: Bloquear o computador ou  Alterar usuários
• Win + M : Minimiza tudo.
• Win + P: Alterar a tela ativa
• Win + U: Abrir Gerenciador de utilitários



ATALHOS DO EDITOR DE TEXTO.
A maioria dos programas possui seus próprios atalhos do teclado. Embora exista uma variação, a maioria dos editores possuem as mesmas.

• Ctrl + A: Selecionar todo o texto
• Ctrl + B: Texto selecionado em negrito
• Ctrl + I: Texto selecionado em itálico
• Ctrl + S: Salvar documento
• Ctrl + P: Imprimir
• Ctrl + E: Centralizar conteúdo
• Ctrl + Z: Desfazer
• Ctrl + N: Criar novo documento
• Ctrl + F: Encontrar texto no documento


MAIS UM BUG DO WINDOWS


Recentemente, foi descoberto que edições mais moderadas do Windows podem conter um bug e que pode causar muitos problemas aos usuários.

A falha que afetava o Windows 95 e 98 e fazia com que o computador parasse de funcionar, caso houvesse uma tentativa de acessar um arquivo de nome específico, seja de forma interna ou mesmo externa.

De acordo com o Ars Technica, a questão era de que o Windows separava alguns nomes para uso especial, o que acabava ocasionado o problema “con”. Ele servia para que o sistema lidasse com consoles físicos como teclado e ainda monitor. Caso o usuário tentasse chegar ai um "c:concon", ou mesmo se um site quisesse logar um arquivo através do caminho "file:///c:/con/con" , o computador acabaria sendo trancado e voltaria ao funcionamento normal somente após um reboot.

A mesma questão acontece no Windows 7 e 8.1, porém, com arquivo nomeado “$MFT”. Conforme ainda o Ars Technica, trata-se de um arquivo especial de metadados utilizados pelos sistemas de arquivos NTFS, sendo que fica escondido para a maior parte dos softwares. Porém, caso o usuário tentar usá-lo terá o computador travado.

Lembrando que nem todos os navegadores possuem acesso ao livre ao $MFT, sendo o Internet Explorer uma exceção. Deste modo, um desenvolvedor é capaz de criar uma página que contenha instruções para que uma das suas imagens seja carregada usando o $MFT como diretório, assim, o computador, certamente, seria danificado. Em alguns casos o bug também causa a famosa tela azul da morte.

A Microsoft ainda não se manifestou sobre a questão. O bug afeta ainda o Windows Vista, porém, ele já perdeu o suporte. No entanto, a empresa terá que encontrar uma solução para as outras duas versões do sistema.